Entertainment

Um novo filme de terror aborda um fascínio cinematográfico contínuo: o filme ‘amaldiçoado’

Em comunicado obtido por O repórter de Hollywood, Miller disse que a ideia de “O Exorcismo” foi inspirada em sua própria infância – vendo seu pai morrer em “O Exorcista”, jogando-se de uma janela, rolando escada abaixo para expurgar um demônio de seu corpo depois exorcizando-o de Regan MacNeil. “Se isso não fosse assustador o suficiente por si só, meu pai nunca se esquivou de me contar histórias de quão ‘amaldiçoado’ o filme era: os incêndios misteriosos que assolaram a produção, as mortes estranhas, os ferimentos ao longo da vida – a lista foi e assim por diante. A tradição de qualquer ‘filme amaldiçoado’ me cativou desde então”, disse Miller. Para que conste, as “Escadas Exorcistas”, como são conhecidas, são agora um marco histórico oficialmente reconhecido.

“Com ‘O Exorcismo’, queríamos atualizar a fórmula do filme de possessão (“Homem heróico resgata mulher de forças que ela é muito fraca e simples para lutar contra si mesma!”) para um mundo onde nenhum grupo possui a bondade e a decência sobre outro”, ele contínuo. “Fomos presenteados com um elenco e uma equipe criativa extraordinários para contar uma história sobre como somos todos vulneráveis ​​à escuridão, para perpetuá-la, se não conseguirmos enfrentar nossos demônios.” Juntando-se a Crowe está um elenco de apoio estelar, incluindo Sam Worthington (“Avatar: The Way of Water”), Chloe Bailey (“Swarm”), Adam Goldberg (“The Equalizer”) e David Hyde Pierce (“Frasier”). O filme foi rodado em 2019, mas finalmente está sendo lançado agora graças à distribuidora independente Vertical Entertainment, que lançou queridinhos da crítica como “Wyrm”, “Lorelei” e “Miss Juneteenth”, bem como “The Final Garotas.”

Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button