News

Chinês tenta contrabandear mais de 100 cobras vivas em suas calças e é preso

A China é um dos maiores centros de tráfico de animais do mundo (representativo).

Pequim, China:

Um homem foi pego tentando contrabandear mais de 100 cobras vivas para a China continental, enfiando-as nas calças, de acordo com a autoridade alfandegária do país.

O viajante não identificado foi parado por agentes da alfândega quando tentava sair da região semiautônoma de Hong Kong e entrar na cidade fronteiriça de Shenzhen, informou a Alfândega da China em um comunicado na terça-feira.

“Após a inspeção, os agentes da alfândega descobriram que os bolsos das calças que o passageiro usava estavam cheios de seis sacos de lona com cordão e lacrados com fita adesiva”, diz o comunicado.

“Depois de aberto, cada saco continha cobras vivas de todos os tipos de formas, tamanhos e cores”, acrescentou.

O comunicado afirma que os policiais apreenderam 104 répteis escamosos, incluindo cobras-do-leite e cobras-do-milho, muitas das quais eram espécies não nativas.

Um vídeo anexo mostrou dois agentes de fronteira espiando dentro de sacos plásticos transparentes cheios de cobras vermelhas, rosas e brancas se contorcendo.

A China é um dos maiores centros de tráfico de animais do mundo, mas as autoridades têm reprimido o comércio ilícito nos últimos anos.

As leis de biossegurança e controle de doenças do país proíbem as pessoas de trazer espécies não nativas sem permissão.

“Aqueles que quebrarem as regras serão… responsabilizados de acordo com a lei”, disse a autoridade alfandegária, sem especificar a punição do homem.

(Com exceção do título, esta história não foi editada pela equipe da NDTV e é publicada a partir de um feed distribuído.)

Source

Related Articles

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back to top button